2 de fevereiro de 2009

A Rainha do Mar




Odôyabá! Odó Iyá! Hoje é o dia Dela, 2 de fevereiro. Os mares estão em festa.

É facil pensar em Iemanjá como a Rainha de Copas, a Rainha do Mar. Ela encarna facilmente o arquétipo tarológico. Mas a facilidade pára por aí: Oxum compartilha da energia da Rainha de Copas nas águas (doces para Oxum) mas o ouro das suas vestes nos faz pensar na Rainha de Pentáculos. Iansã é a Rainha de Espadas com sua força cortante mas, em certos aspectos, lembra a Rainha de Paus - principalmente no que se refere a sua independência sexual.



Renaissence Tarot___________________________ Ecletic Tarot

Nunca é demais um certo cuidado nas analogias.
Mas seja como for, Odó Iyá, Mãe Sereia!
E muitas rosas brancas para todos nós.


Zoe

5 comentários:

Lu Fuoco disse...

oi Zoe!

vi seu comentário lá no Miojo, da Rosane. Mas sabe que aqui na praia onde moro as rosas brancas das floriculturas haviam acabado?

Acabei comprando amarelas...fiz muita besteira???

Bjo, Lu

Zoe de Camaris disse...

Não Lu, não fez besteira. O que vale é a intenção, mesmo que flores amarelas (pelo menos para o candomblé, que eu saiba) sejam destinadas para a Rainha das Águas Doces, Oxum.

O que importa é que você fez a entrega de coração.

beso,

hiperborico disse...

Zoe, já visitei seu blog diversas vezes, adoooro! Sempre dou uma olhada nele, quando penso em uma carta de tarô específico, ou no geral... Parabéns!
Mas me veio uma dúvida... Oq vc acha, qual das iabás, as orixás femininas, vc acha que tem a ver com a Rainha de espadas? Nanä?

beijinhos, viu!

Zoe de Camaris disse...

"Hiperbórico",

Antes de qualquer coisa, grata pelo elogio - fico muito feliz que aprecie meu blog.

Como eu disse no post, é preciso ter um certo cuidado nas correlações e analogias. Arquétipos se tocam mas nem sempre encontram uma correspondência exata. Vejo Nanâ Buruquê como a face escura e arcaica da Grande Mãe. Ela estaria mais perto de Copas-Água-Escorpião do que da Rainha de Espadas. Aliás, Nanã abole os metais pontiagudos de Ogum do seu reino, conhece a lenda?

abraços,
Zoe

Anônimo disse...

Zoe.. perfeitas suas explicações sobre as Yabás´, principalmente sobre Nanã...
Um grande abço
Fernando