12 de janeiro de 2010

TAROT LÍQUIDO




Bacana. Tarot também é perfume. Lembram da linha TAROT da Natura? Pois é, mas agora o must da estação fica por conta da Dolce&Gabbana, The D&G Fragrance Anthology, 5 perfumes inspirados nas cartas.

Os arcanos escolhidos são O Mago, A Imperatriz, Os Amantes, A Roda da Fortuna e A Lua, cada um protagonizado por um(a) top model, com exceção da Roda, que ganha um casal. Vale a pena dar uma olhada na página oficial da coleção, se sua conexão for rápida.


LE BATELEUR/TYSON BALLOU


Notas de saída: Cardamomo, grãos de junípero, folhas de bétula

Notas de coração: Acordes aquáticos, coentro

Notas de fundo: Vetiver, cedro branco, resina de olíbano

Aromático e amadeirado




L'IMPERÁTRICE/NAOMI CAMPBELL


Notas de saída: Ruibarbo, groselha, suco de kiwi

Notas de coração: Ciclâmen rosa, toques de melancia, pétalas de jasmim

Notas de fundo: Notas de almíscar, madeira de sândalo, madeira de pomelo

Frutal floral



LES AMOREAUX/NOAH MILLS


Notas de saída: Bergamota, grãos de junípero, pimenta rosa

Notas de coração: Cardamomo, folha de bétula, raiz de lírio

Notas de fundo: Notas de almíscar e acordes de lenha

Oriental amadeirado



LA ROUE DE LA FORTUNE
/FERNANDO
FERNANDES E EVA HERZIGOVA


Notas de saída: Pimenta rosa, acordes verdes, abacaxi

Notas de coração: Tuberosa, gardênia, jasmim

Notas de fundo: Baunilha, raiz de lírio, benjoim, patchouli

Oriental floral




LA LUNE/CLAUDIA SCHIFFER


Notas de saída: Maçã, bergamota, acordes verdes

Notas de coração: Lírio, rosa, tuberosa

Notas de fundo: Raiz de lírio, couro, sândalo, almíscar

Floral fresco


D&G Fragrance Anthology tem um design espartano na escolha dos frascos e embalagens, como convém a uma linha com pegada mais popular. Os perfumes, sem muita fixação, não são intensos como seria conveniente aos arcanos maiores. Cheiram à arcanos menores, na minha modesta opnião. Exceto o n° 3 e o n° 10, mais fortes, pelo que deu pra sacar. Mas não se comparam, nem de longe, à profundidade do By, meu preferido da D&G para algumas ocasiões especiais (gratíssima até hoje a minha amiga Luciana Macedo por tê-lo me apresentado), mesmo que continue fiel ao raríssimo Fracas, da Robert Piguet que, por sinal, ai meus deuses, está pela hora da morte.

De qualquer forma, vale pena dar uma sentida na coleção. E para quem quiser conhecer a campanha publicitária, aí vai o link do n°6, escolhido para figurar aqui por motivos óbvios.... A beleza perfeita de Noah Mills. Esse homem não precisa de perfume. Se cheirar estraga.

Zoe
post scriptum: Voltei à loja de perfumes. Fiquei de cara com o que a moça treinada na campanha me disse. Você é que faz a mistura. Alquimizar os arcanos, puxa vida. Imagienei a balbúrdia. La Lune (horrível, mas apostaria depois de 3 horas pra ver como fica) com La Roue (forte, aveludado e com fixação). Imaginaria um perfume mais volátil para a Roda mas se os os consultores de marketing resolveram apostar na roleta problema deles. E mistura complicada a do arcano 18 com o 10, convenhamos. Claro que irá dar errado. Le Bateleur com Les Amoreaux... Gosto do n°1, o perfume. E o n° 6 pode dar barato, sei lá. Outras combinações? Mas afinal, quem chegaria à essência dos arcanos? Quem poderia misturá-los? Claro que não seria a Procter $ Gamble. Tá pra nascer o perfumista.

3 comentários:

Emanuel disse...

Oi Zoe. Cada dia que passa o Tarot ganha novos sentidos. Físicos, inclusive.
Grande abraço!

Vinicius Linné disse...

Não por nada, mas esta Lua está mais pra Estrela... E a Roda está mais pra Amantes... E o Tarot da Natura cheira a insenso.

Aff, é a casa da mãe Gabbana mesmo.

Leonardo Chioda disse...

Compramos o Le Bateleur aqui em Roma. Sozinho mesmo ele faz a festa. Fantástico.

Um beijo de saudade,

Leo