8 de janeiro de 2009

O Vestido



Hoje revi meu trabalho sobre Frida Kahlo. Escrevi (há uns bons posts atrás) uma interpretação de seus quadros sob a ótica do Tarot e foi um trabalho que me deu muito prazer. Fiquei um bom tempo olhando as reproduções, principalmente as que não havia analisado. Uma dentre elas me chamou mais atenção "O Meu vestido está ali pendurado" em que Frida pendura seu vestido tehuana em meio a uma simbologia diversa. Xeretei na rede e encontrei um artigo muito bacana.

Foi quando percebi que estava usando o meu indefectível vestido azul, antigo companheiro de dias de sol. Sabe aquele vestidinho gostoso, de malha geladinha, que há muito deixou de sair de casa? Pois é. Tenho carinho pelo meu vestido azul. Me cai muito bem. E não foi sem saudade que me lembrei da casa antiga e do dia em que pendurei-o para secar na varanda. Essas coisas bobas me deixam nostálgica. Coisinhas simples, corriqueiras mas que de repente, revestem-se de uma importância que não compreendo direito.

Parece que a cancerianas tem um apreço por vestidos pendurados. Frida também tinha. Só que danada arrasava...





Zoe

4 comentários:

Rosane Queiroz disse...

Oi Zoe

eu nunca tinha entrado aqui!
so no site
adorei o áudio, voce é mesmo a bruxa mais multimidia do pedaço

olha, eu sai da marie claire, e estou ótima, vendo o que fazer daq vida, devo pintar em curitiba logo logo e quero conhecer a tarsila

boa sorte nesse novo começo

beijos ro

Ana Maria disse...

simpática a sua foto e lembrança do vestido azul.

Zoe disse...

Oi Rô,

Sorte para nós no novo começo! Tarsilinha manda beijos para Anita.

Ana Maria,

Já aposentei o vestidinho. Mas tem hora que dá vontade de comprar um tecido parecido e mandar fazer um igual. Me apego a certas roupas, não tem jeito.

abraços,
Zoe

Analuka disse...

Muito interessante!Fiquei curiosa e com vontade de ler o que escreveste sobre Frida, ou seja, a tua interpretação de um quadro sob a ótica do Tarot. Tens algo publicado?... Aprecio bastante as imagens intensas de Frida, cheias de simbologia, e também gosto do Tarot, seria muito bom se pudesse saber mais e conhecer tua pesquisa.
Abraços alados azuis!